Como parar de procrastinar?

A famosa atitude de “deixar para depois”, ou seja, adiar uma tarefa que poderia ser feita na hora até muito próximo do vencimento do prazo final, é muito comum. Apesar de parecer inofensiva, a prática pode acarretar vários problemas.

Sabendo que essa dificuldade aflige muitos, preparamos este post explicando tudo sobre o assunto, com algumas dicas de como parar de procrastinar. Confira!

procrastinação

O que é procrastinação

Procrastinar significa adiar uma ação. A atitude de deixar para fazer alguma coisa em outro momento é comum; contudo, é preciso ter cuidado.

Quando isso se torna frequente, pode ser extremamente prejudicial. Isso porque, às vezes, a pessoa pode não dar conta de fazer com urgência o que poderia ter sido feito com mais tempo.

Como resultado, as tarefas acabam não sendo cumpridas, ou são feitas com uma qualidade inferior.

O que causa a procrastinação

Normalmente, essas situações acontecem quando a pessoa dá importância ao que é urgente, e não necessariamente ao que é prioridade, e está relacionada a 4 características:

  1. Tarefas de baixo valor: não se trata de dinheiro, mas do interesse e afinidade da pessoa. Trabalhos desagradáveis são mais fáceis de procrastinar;
  2. Personalidade: a genética e o ambiente de criação podem tornar uma pessoa mais propensa a procrastinar;
  3. Expectativa de dificuldade: imaginar que uma tarefa será difícil de executar torna mais fácil o adiamento;
  4. Medo de falhar: ao imaginar que não será possível concluir a tarefa, a pessoa acaba adiando e colocando maiores dificuldades para iniciar o trabalho.

Como parar de procrastinar

Entenda a sua rotina

É importante se conhecer e saber quais são os melhores horários para desenvolver atividades. Algumas pessoas rendem mais no período da manhã; outras produzem mais à noite ou à tarde.

Definindo isso, é possível aproveitar melhor o dia, identificando qual período favorece o seu trabalho e estudo, e quais são melhores para o lazer e descanso.

Defina suas prioridades

Outro passo importante é definir quais são as suas prioridades e quais são os seus objetivos em cada aspecto da sua vida.

Esse passo é importante para identificar quais atividades devem receber mais atenção, facilitando a criação de uma rotina.

Faça uma lista com as suas obrigações

Organização é fundamental. Faça uma lista com os compromissos e as tarefas a cumprir, e as organize de acordo com a importância e urgência de cada uma.

Para isso, é essencial ter definidas as suas prioridades, que devem ser consideradas na hora de elaborar a lista.

Parte superior do formulário

Parte inferior do formulário

Divida tarefas difíceis em etapas

É muito comum que, ao se deparar com uma tarefa complexa, você desanime e comece a adiar o seu início.

Uma boa dica para contornar essa situação é desmembrar um objetivo difícil em outros menores e mais fáceis de executar.

Desse modo, fazendo uma tarefa simples por vez, logo um objetivo mais complexo estará finalizado.

Estipule prazos

Após elaborar uma lista e saber tudo o que deve ser feito, é preciso estipular um prazo para finalizar cada tarefa.

Trata-se de estabelecer metas para o cumprimento das suas obrigações.

Contudo, é importante cuidar para não exigir demais de si mesmo: crie metas realistas, dentro das possibilidades, tanto em relação ao tempo quanto em relação à quantidade de tarefas.

Remova as distrações

Na hora de fazer as tarefas, é importante analisar o que costuma tomar a sua atenção.

Ao identificar os focos de distração, é preciso tomar atitudes para evitá-los: deixar a TV desligada, desativar o wi-fi, não mexer no celular, etc.

Gerencie o seu tempo

Crie uma rotina com horários para o desenvolvimento das tarefas, com tempo de trabalho e descanso pré-definidos.

Utilize um alarme para ajudar a gerenciar esse tempo, que pode ser ajustado de acordo com as suas necessidades.

Parar de procrastinar pode parecer difícil, mas, seguindo alguns passos simples, é possível vencer o problema e aumentar a sua produtividade nos estudos, trabalhos e outras tarefas da vida.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *